9 de dezembro de 2012


O Rush divulgou ontem em seu site oficial a capa de 2112 Five Point One, reedição do disco 2112 na versão 5.1 Surround Sound Mixes. O material será lançado mundialmente em 18 de dezembro pela Universal Music Enterprises em três formatos: Deluxe Edition, em CD/DVD ou CD/Blueray; e Super Deluxe Edition, com CD, Blueray e um livro de 40 páginas com representações em quadrinhos de cada música do disco.

As versões Deluxe e Super Deluxe terão o CD com o disco remasterizado mais três faixas ao vivo inéditas e o DVD, ou Blueray, com o disco remasterizado em 5.1. Segundo o site oficial da banda as faixas inéditas ao vivo serão Overture, The Temples of Syrinx, ambas gravadas em junho de 1981 em Edmonton, Canadá, e A Passage To Bangkok, registrada em junho de 1980 em Manchester, Inglaterra.

O livro em quadrinhos é obra do artista Tom Hodges, que tem no currículo trabalhos como Star Wars – The Clone Wars, e The Simpson's - Treehouse of Horrors #17.

Lançado originalmente em 1976 o disco foi o mergulho definitivo do Rush no rock progressivo. Sua faixa título conta uma história futurística, que se passa em 2112. Em seu site o Rush brinca que o relançamento sairá em tempo para o 21/12, o dia em que o mundo deverá acabar, segundo alguns intérpretes de uma profecia da civilização maia.

Vindo de quem vem, tenho certeza que a qualidade deve ser simplesmente incrível!!! A tecnologia 5.1 feita com o devido critério, é simplesmente incrível de experimentar!!!

Que belo presente de Natal hein galera!!

5 de dezembro de 2012

Bandas esquecidas dos anos 70 - Fuzzy Duck



Só sei que quanto mais ouço as bandas novas, mais gosto das antigas!!! Ahahaha...
Não percam essa série que eu vou postar de bandas esquecidas dos anos 70. Muitas vezes, foram bandas de um ou dois álbuns, mas, são tão bons que eu acho que nem caberia mais do que isso!!!

Hoje, a banda é a progressiva inglesa "Fuzzy Duck",  formada em 1970 e álbum lançado em 1971. Componentes: Mick Hawksworth do "Five Day Week Straw People" e "Andromeda", Grahame White, tecladista Roy Sharland, Garth Watt Roy e no "bumbo" Paul Francis do Tucky Buzzard (mais tarde do Tranquility).

A banda acabou logo depois do lançamento do primeiro álbum!!!

Vale muuito a pena!!! Abraços a todos!!!

14 de outubro de 2012

Elf. Dio, desde sempre, incrível!




E eis que finalmente estou organizando todas as minhas músicas. hoje passei pelos álbuns excelentes do Elf, banda formada em 1967 por Ronnie James Dio, ou simplesmente Dio. Que som galera!! 

O cara tinha uma voz muito boa. Vai ficar pra sempre na história do Rock! Ouçam! 

A banda têm 3 álbuns lançados. 1972 (Elf), 1974 (Carolina Country Ball) e 1975 (Trying to Burn The Sun). Eu acho os 3 muito bons! Se bem que tenho uma certa queda pelo primeiro que tem um som simples e bem feito! 

Aproveitem. 

Abração!

30 de agosto de 2012

Stoned Immaculate - The Music Of The Doors


Se há uma coisa que eu gosto são os covers feitos por grandes bandas para homenagear monstros do Rock! O título desse post é o nome do excelente tributo ao The Doors. Dêem uma olhada nos nomes dos artistas e verão que a galera é de peso! 

Ouçam, é incrível! 

Abraços.

24 de junho de 2012

Neil Young & Crazy Horse - Americana


A dica número 3 fica com Neil Young e sua velha (e muito boa) Crazy Horse. Álbum lançado em 2012, com algumas regravações bem interessantes de velhos clássicos do Folk americano. Vindo de quem vem, é digno - no mínimo - de uma audição mais cuidadosa!!!

Eu gostei bastante!!!

Grande abraço a todos e boa semana!!!



Dica # 2



A segunda dica da semana fica com o álbum duplo do The Who "Quadrophenia Deluxe Edition", com muita coisa boa, qualidade excelente de som (remasterizado em 2011) e um trabalho muito bonito na embalagem!

Muito bom!!

Pra coleção!

De volta...


Depois de um longo e tenebroso inverno, volto a postar nesse tão querido Blog!!! Aliás, com algumas boas dicas, já que downloads hoje em dia já não se fazem mais necessários, pois com o advento do torrent, fica fácil para baixar o que quer que se queira!!!

A primeira dica é o DVD triplo do Rush "Snakes & Arrows Live". Trabalho muito bem feito dessa incrível banda canadense. Vale a pena conferir com calma no domingão à tarde, deitado no sofá da sala e com seu cachorro lambendo seu pé!!!

Curtam!!!

Abração.

23 de abril de 2012

Novidades - Shows de Roger Waters e Bob Dylan





Abril foi um grande mês em termos de shows. 

Primeiro, fui ao grande "The Wall". Masterpiece criada pelo grande Roger Waters. Deleite audiovisual, tecnologia de sobra, grandiosidade, enfim... um verdadeiro espetáculo musical, sem falar nas excelentes músicas, já conhecidas, mas sempre muito bem-vindas.

No último domingo, tive a oportunidade de assistir ao vivo Bob Dylan. Para mim, incrível. 73 anos e ainda passando sua mensagem. Excelente banda. Arranjos muito interessantes de alguns sucessos já bem conhecidos. Novidades e sua sempre muito prazerosa gaita! Eu gostei muito de ter visto o homem!

Abraços e volto logo!!!

Aniversário do Blog - Atrasado, claro!!!


E aqui vem o quarto aniversário do Blog!! Atrasado (O Dia certo é 8 de Abril), como tudo que diz respeito à minha vida na Internet, mas tudo bem, não tem problema!!! Obrigado, mais uma vez a todos que por aqui passara, opinaram, elogiaram ou criticaram!!!

Abraços aos amigos e aos confrades e comadres da Black Dog (com quem eu tenho aprendido muito)!!! 

Espero que eu tenha tempo para cuidar melhor do blog!!!!

No mínimo, inusitado!!!



Bom galera, depois de mais de um mês de "sumiço", estou de volta com um vídeo bem diferente. A banda se chama "After Nuclear Joyride" e o vídeo mostra o que os últimos 20 anos de era pós-nuclear podem fazer!!! 

Espero que gostem!!! 
Abraços!!


21 de março de 2012

Dando um tempo


Olá pessoal, o lance é que com tanto servidor de upload fechando, a coisa fica meio ruim né. Lí até uma matéria que diz que o The Pirate Bay está preparando uns servidores aéreos!!!! Pra não ter como pegar no chão. O negócio tá virando "Blade Runner" total. O

 que eu acho é que as gravadoras e quem mais que interesse o final do compartilhamento de arquivos não sabe mais o que fazer e virou uma "briga de foice no escuro", tipo: 'Vamos fazer isso e ver o que acontece'. Portanto, dei uma parada nos posts, mas logo mais volto, vocês já me conhecem. Além da correria do dia a dia, claro! 

Tenho umas coisas bem legais por aqui e só quero achar um servidor que me dê tranquilidade de mandar os arquivos. Aliás, sugestões serão muito bem-vindas. 

Abração pra todo mundo!!!

20 de fevereiro de 2012

Coldplay - Ainda tentando entender...


Acho que agora vai ficar mais fácil de postar coisas novas, já que a academia está montada e tudo que eu tenho a fazer é trabalhar (bastante), hehehe.

Bom, desculpe quem gosta, mas acho que o COLDPLAY sempre sofreu de uma incrível falta de criatividade. E, para minha surpresa, lendo a Rolling Stone de novembro, vejo uma critica ao seu novo álbum que achei incrível. Quero parabenizar o cara e usar as palavras aqui no blog, do jeitinho que ele colocou na revista. Adorei. Vamos lá:

BOLA FORA
Banda atola em clichês grandiloqüentes e entrega o pior disco de sua carreira

Coldplay - Mylo Xyloto (EMI)

Lembra do Coldplay de “Parachutes” (2000)? E do Coldplay de “A Rush Of Blood To The Head” (2002)? Aquela banda que pegava alguma coisa melódica do Radiohead dos anos 90, misturava com pitadas de U2 fase Zooropa e embrulhava tudo num formato tristonho e contemplativo, mais ou menos pessoal?

Então esqueça essa banda, porque ela não existe mais. O Coldplay de Mylo Xyloto, seu quinto disco, é um grupo de rock de arena, no pior sentido da expressão. Só um detalhe: que nome é esse? É um Pokémon? É um Cavaleiro do Zodíaco? É um personagem de mangá? Pois bem, entram na ordem do dia, aliás, já estão na ordem do dia desde o disco anterior, Viva La Vida (2008), isqueiros acesos, baladas grandiloqüentes, fanfarronices instrumentais, presepadas vocálicas e, para sua eterna vergonha, Brian Eno, chancelando tudo.

Os fãs devem exultar com canções como “Paradise”, “Us Against The World”, “Princess Of China” (dueto com a cantora Rihanna, no qual tudo dá errado) e talvez odeiem “Up with The Birds”, última música do disco, com bela melodia e arranjo delicado de piano e guitarra, que pode servir como uma lembrança de um passado que nunca voltará. Não dá nem pra lamentar. A mensagem é: evite a todo custo esse abacaxi de Chris Martin e companhia.

Carlos Eduardo Lima

Hahahahaha, adorei!

Abraços a todos.

11 de janeiro de 2012

The Essential Bob Dylan


Eis que depois de mais de um mês de ausência, eu (sim, o dono), apareço!!!

A verdade é que o final do ano, a construção do meu próprio espaço para trabalhar e mais o trabalho propriamente dito, fez com que eu não conseguisse postar nada, quase que não consigo nem ouvir música!! Mas tá ótimo, meu Studio tá ficando show de bola e logo mais estarei num ritmo menos corrido.

Quanto à música, tenho escutado bastante New Model Army, o álbum logo abaixo, a trilha sonora do filme "Into The Wild", feita inteira pelo Eddie Vedder, Soundgarden, muito Blues antigo, tipo Little Walter, Robert Johnson e bastante Dylan, esse aliás, virou nome desse post.

Álbum muito legal, coletânea dupla, muito bem feita, onde mostra o potencial de composição desse grande ícone do Rock. Muito bom, recomendo. Não vou nem disponibilizar para download porque Dylan tem muita coisa e é muito fácil de baixar. Fica a dica.

Feliz Ano Novo para todo mundo, um grande abraço e continuem comigo!!!!