21 de agosto de 2011

Lugar "VIP" na coleção - Fica a dica.

Em 1987, o Violeta de Outono debutava na RCA, com um LP que levava apenas o nome do trio. Na década de 90, Fabio Golfetti conseguiu junto à gravadora, autorização para relançar esse e o segundo LP, Em Toda Parte, em CD, num formato 2 em 1.
Essencial por preencher uma lacuna do rock nacional, a edição 2 em 1, no entanto, não teve o apuro técnico que Fabio tanto desejava. E foram necessários mais de 20 anos para que ele pudesse ver seu sonho se realizar.

Desde 2006, ele acertava os últimos detalhes para um lançamento caprichado dos dois primeiros discos do trio, hoje quarteto. E não foi apenas o som que melhorou muito. Para essas edições, a Voiceprint optou em fazer no formato mini-LP, especialidade dos japoneses, copiando a arte gráfica de capa, contra-capa, encarte. E o som...

Bem, o som é algo de fazer o fã se ajoelhar e agradecer a Fabio por ter conseguido os masters originais com a RCA. Ele mesmo ressaltou a diferença de som que teria em uma entrevista que fiz com ele em 2006. Aliás, veja o que falou sobre os relançamentos: "Já estão comigo as masters originais de 16 e 24 canais gravadas nos estúdios da RCA, agora é apenas uma questão de disponibilidade para mergulhar nas mixagens que sei que vai dar um bom trabalho, mas acredite, não comecei ainda, pois fico contemplando maravilhado aquelas gravações. Como se gravava bem naquele estúdio! Aquele equipamento analógico de primeira... eles tinham mesa NEVE, gravadores Studer, Ampex e os melhores microfones do mundo. A idéia é lançar os 2 LPs em CDs separados com os respectivos bônus, que são faixas inacabadas, que gravamos, mas não entraram nos LPs. Também faremos as capas originais com o máximo de informação que conseguirmos lembrar."

Além das nove faixas clássicas, o disco trouxe quatro extras: as instrumentais "Noite Escura", "Caminho" "OM Voice" e a cover dos Rolling Stones, "2000 Light Years From Home". Toda a essência do Violeta está aí, intacta, mas com uma pureza que não foi possível encontrar na edição 2 em 1. Ouça com cuidado em um fone de ouvido e perceba as nuances de voz e instrumentos em "Declínio de Maio", por exemplo, e compare com a edição anterior. Fabio teve o extremo cuidado na remixagem e na masterização do disco, feitas no estúdio Seven Keys, em São Paulo, em março de 2007. Segundo ele, "tudo que você ouve no CD estava no tape original, porém, na mixagem ou foi limado ou mixado muito baixo." E ele avisa: "No Em Toda Parte a diferença será mais brutal". Que os fãs se considerem avisados.

Esse primeiro disco será acompanhado do lançamento de Em Toda Parte, por volta do dia 20 de junho. Fabio promete ainda relançar, em breve, o lendário EP de 1986, da Wop-Bop, onde tudo começou. Há também um belo texto, em inglês, de René Ferri, ex-proprietário da Wop-Bop.

O CD pode ser encomendado no site da banda, por R$ 29,90. Uma obra-prima atemporal e obrigatória os amantes da boa música.

Nenhum comentário: