2 de fevereiro de 2009

1001 idéias...


Hoje fiz uma aquisição que há um bom tempo queria. Comprei o livro "1001 Discos Para Ouvir Antes de Morrer". Vinha namorando o mesmo desde o começo do ano passado, quando vi uma cópia do original, em inglês, "1001 Albums You Must Hear Before You Die Project". Já li o prefácio e a introdução, muito bem escritos por sinal. Vou colocar alguns trechos destes para que possam ter uma idéia.

Do Editor e Co-Fundador da revista "Rolling Stone", Michael Lydon:

"A adoração que muitos sentem pelos seus vinis ou CDs é uma prova irrefutável de que os álbuns podem ser justamente classificados como obras de arte. Na época em que eu era estudante universitário, sobrevivendo por meio de bolsas de estudo e trabalhos temporários, passei horas fuçando caixas de LPs com dificuldade de decidir qual deles seria digno dos meus preciosos US$2,99."

Do editor-geral Robert Dimery:

"A abrangência deste livro permite que o leitor repense nas críticas que definem os altos e baixos da música ao longo desses últimos 50 anos. A década de 70 é muitas vezes desvalorizada, como se fosse a "parente malvestida" dos vibrantes anos 60. Mas como é possível um período que deu origem a gêneros como heavy-metal, glam, reggae, disco, punk, new wave, post-punk e a "What's Going On", de Marvin Gaye, ser tão malvisto? Mais curioso ainda é o fato de que em alguns anos, como 1967, ter havido inúmeros lançamentos de álbuns clássicos".

Aconselho para todos que gostam de música, não só o Rock ou o Blues. Dando uma folheada, pude ver que tem muita, mas muita coisa que eu nem imaginava que existisse. Vale a pena.

Abração para todo mundo e boa semana!

Um comentário:

Rosa Chediek disse...

Xexa, já está chegando no 50.000!!!Que legal...........